Criação de formulários padronizados para apoiar a solicitação do registro de patentes e outras formas de proteção da propriedade intelectual, visando a tornar o processo mais confiável e eficiente

2.4.1 Uso de formulários para a solicitação de proteção de PI

Como executar

Formulários do INPI

inpi.gov.br

Descubra Mais

Resultados e Benefícios

Onde é aplicada

O uso de formulários padronizados para o processo de solicitação de Propriedade Intelectual é aplicável a empresas de qualquer porte ou setor.

Relacionamento com outras Práticas

O uso de formulários padronizados pode auxiliar a prestação do Serviço de Apoio à Avaliação de Oportunidades de Proteção de Propriedade Intelectual. O Processo para Proteção da Propriedade Intelectual pode incorporar os formulários padronizados em seu fluxo para aumentar a eficácia da coleta de informações.

Muitas vezes o corpo técnico pode ser objetivo demais em suas descrições, o que acaba gerando informações em quantidade e qualidade insuficientes. Esse ponto deve ser ressaltado no treinamento e reforçado junto aos responsáveis pelo preenchimento sempre que a descrição estiver muito curta. De acordo com a lei, a descrição da invenção deve ter um nível de detalhamento alto, de forma que um técnico no assunto possa reproduzi-la, preferencialmente, sem o auxílio de desenhos.

Dicas úteis

Alguns dos tópicos que um formulário para solicitação de patente pode incluir são:

01

02

O formulário deve ser o mais autoexplicativo possível, eventualmente incluindo uma descrição com exemplos para cada campo a ser preenchido.

03

A elaboração dos formulários padronizados organiza as diversas informações necessárias para a solicitação de uma patente ou a utilização de outro mecanismo de proteção da propriedade intelectual. Ela permite:

  • Levantar os mecanismos de proteção da propriedade intelectual adequados às inovações geradas pela organização.

  • Mapear, junto aos órgãos responsáveis, os requisitos necessários para a solicitação de proteção por meio dos mecanismos levantados.

  • Elaborar modelos de formulários para auxiliar o corpo técnico no registro das informações necessárias para a obtenção de cada um dos mecanismos de proteção.

  • Treinar o corpo técnico no preenchimento adequado dos formulários.

  • Aumentar a eficácia e a taxa de sucesso do processo de solicitação de proteção, por conta de sua padronização.

  • Auxiliar o corpo técnico no registro de informações de acordo com os requisitos do órgão responsável, reduzindo a necessidade de retrabalho na coleta de informações.

  • Sumário da invenção;

  • Campo de aplicação;

  • Descrição do problema;

  • Concorrentes e pessoas de referência no assunto;

  • Descrição do estado da arte e desvantagens;

  • Objetivos da invenção;

  • Figuras que auxiliem o entendimento da invenção.

  • Descrição detalhada da invenção associada às figuras.

Os formulários podem ser aproveitados para internalizar e registrar o conhecimento sobre os requisitos para a solicitação de patentes e contribuir para a gestão do conhecimento na empresa.

04

  • Antes de dar entrada na solicitação de pedido de patente, é interessante realizar uma reunião de dúvidas e validação com o corpo técnico para garantir que as informações estejam precisas e que a redação e as figuras estejam de acordo com o objeto a ser protegido.

Nível

​Básico