Utilização de softwares especializados para o monitoramento de bases de patentes com o objetivo de gerar insights para o negócio.

 

1.1.3 Monitoramento

automatizado de patentes

Como executar

  • Discutir junto à equipe os objetivos e o escopo do monitoramento. A definição do escopo pode incluir parâmetros como:

    • Temas e palavras-chave considerados importantes pelo corpo técnico;

    • Competidores cuja atuação se deseje acompanhar de perto;

    • Autores com produção historicamente relevante;

    • Regiões geográficas a serem monitoradas.

  • Avaliar as opções disponíveis e selecionar o software de monitoramento.

  • Adquirir, instalar e configurar o software para o monitoramento.

  • Avaliar periodicamente os relatórios de busca e identificar os resultados de maior interesse para as áreas e os colaboradores.

  • Repassar os resultados encontrados às áreas e aos colaboradores interessados.

Resultados e Benefícios

O software de monitoramento de patentes permite que uma organização acesse uma vasta quantidade de dados em bases de patentes de todo mundo para gerar insights úteis ao seu negócio. Isso possibilita:

  • Acompanhar a trajetória de tecnologias relevantes, levando em conta os avanços realizados ao redor do mundo.

  • Monitorar o movimento de competidores, identificando a quais áreas eles vêm dedicando maiores esforços e onde eles vêm alcançando maior sucesso.

  • Identificar instituições e pesquisadores de destaque dentro de temáticas relevantes.

  • Mapear patentes relevantes para a organização, evitando infrações e identificando oportunidades de licenciamento que possam agilizar o desenvolvimento de novas tecnologias.

Onde é aplicada

Softwares de monitoramento de patentes podem ser usados por organizações de qualquer porte que utilizem tecnologia de ponta em sua operação e/ou seus produtos.

Relacionamento com outras Práticas

Práticas de monitoramento do ambiente externo que utilizem fontes primárias de informação podem ser usadas para complementar o monitoramento de patentes. Isso permite compensar, até certo ponto, a defasagem temporal entre o início de uma ação de P&D e a disponibilidade de informação sobre ela na forma de pedidos de patente.

Dicas úteis

Pode ser interessante centralizar o monitoramento de patentes em um profissional ou equipe especializada na utilização do software, que fique responsável por identificar e encaminhar as informações relevantes para as demais áreas.

01

02

O escopo do monitoramento pode ser ampliado, passando a abranger também publicações de ciência e tecnologia.

03

Os pedidos de patente representam o resultado de esforços de P&D iniciados meses ou anos antes. Assim, é necessário levar em consideração a defasagem temporal das informações obtidas por meio do monitoramento de patentes e, na medida do possível, combinar essas técnicas com outras práticas de monitoramento que utilizem fontes primárias.

  • Nesses casos, os responsáveis pelo monitoramento devem interagir continuamente com o corpo técnico para manter o escopo das pesquisas atualizado e garantir a sua relevância para o negócio.

Estamos em busca de conteúdo para

esta prática.

Você gostaria de compartilhar um case

de sucesso?

Conhece algum vídeo, artigo ou

apresentação legal?

Nível

​Intermediário